cabecalho Anais2

O TRABALHO COM GRÁFICOS E TABELAS NOS CURRÍCULOS PRESCRITOS, APRESENTADOS, PRATICADOS E AVALIADOS

  • Atualizado: 25 Fevereiro 2016
  • Tamanho: 547.62 KB
  • Downloads: 76
  • Autoria: Edda Curi e Julia de Cassia Pereira do Nascimento

RESUMO: Este texto se baseia em pesquisas realizadas no período de 2011-2014 por um grupo colaborativo, a partir de indicativos do Sistema de Educação Básica – SAEB - para o ensino de Matemática do 5º ano do Ensino Fundamental e de práticas de sala de aula. O objetivo é analisar documentos curriculares e do SAEB, livros didáticos e relatos de professoras com relação a gráficos e tabelas, conteúdos abordados no tema Tratamento da Informação. O grupo teve o apoio financeiro da CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal do Ensino Superior - no âmbito do Programa Observatório da Educação. Utilizamos procedimentos de pesquisa documental, analisando documentos primários. Entre os resultados destacamos que há um recorte dos conteúdos propostos nos documentos curriculares no documento de avaliação, que destaca apenas a leitura e interpretação de gráficos e tabelas, talvez pelo tipo de avaliação proposta. Verificamos ainda que os livros didáticos apresentam lacunas na abordagem dos temas pesquisados em relação ao currículo prescrito. O maior entrave, porém, é nas práticas das professoras que, embora apresentem nos planejamentos objetivos coerentes com os documentos curriculares, revelam incoerências na prática, decorrentes de sua formação e desse conteúdo ter sido introduzido recentemente nos currículos brasileiros, com poucas orientações nos documentos curriculares e muitas vezes sem nunca ter sido estudados pelas professoras.

Palavras chave: Documentos curriculares. Livros didáticos de Matemática. Práticas de professoras. Documentos de avaliação.